SantaMariaMaeDeus

"No dia em que temos a alegria de começar um novo ano de trabalhos e oração, a Santa Madre Igreja nos convida a celebrar o mais importante título com que a cristandade, desde as suas origens, tem honrado a Virgem Maria e, por meio dela, Aquele que por ela quis vir ao mundo. Referimo-nos à solenidade de Santa Maria, Mãe de Deus: dia de preceito, dia de mistério, dia de, com os olhos postos em nossa Mãe Dadivosa, renovarmos todo o conjunto de nossa santa fé católica" (Padre Paulo Ricardo)

Maria Santíssima é sem dúvidas o caminho rápido e fácil a Nosso Senhor Jesus Cristo.

Com sua a humildade ganhou tudo no qual Eva perdeu por desobediência e como na ordem humana nos é dado uma pai e uma mãe, também na ordem das graças nos é permitido uma família. Deus pai nos dá Jesus Cristo para remição dos pecados e único salvador e Maria como medianeira para chegarmos ao Cordeiro de Deus.

Deus Pai reuniu todas as águas e denominou mar, reuniu todas as graças e denominou Maria (TDV São Luiz Maria de Montfort). Sem dúvidas é claro que temos que amar e confiar nas mãos de Maria Santíssima, pois com a nossa infinita miséria não somos dignos de apresentarmos nossas ofertas por meio de nossas mãos pecadoras, então recorremos a própria mãe de Jesus, para que por meio dela não sejamos rejeitados.

É tão nítido e óbvio que jamais Jesus recusaria um pedido a sua mãe, até porque, Deus Cristo que é o verbo divino que se fez carne para estar entre os homens, não cometeu pecado algum! Portanto a obediência que o Próprio Deus teve com a sua mãe é incontestável.

De acordo com o dicionário, "Cristão" é uma palavra grega que significa "pequenos Cristos", logo é visto que o certo é buscar a se assemelhar cada vez mais com Cristo e esse mesmo Senhor, nos seus anos de vida humana, submeteu e obedeceu Maria sua mãe, nós como meros mortais devemos fazer o mesmo: honrar, respeitar e amar a Santíssima Virgem.


"Impossível seria a Lua brilhar mais que o sol, do mesmo modo que é impossível Maria brilhar mais que Deus"(Padre Paulo Ricardo).

É nítido que a lua se ilumina através da luz grandiosa do sol, assim é a relação da Santíssima Trindade com Nossa Senhora. Ela é iluminada por Deus, para que possa fazer Santos servos.

Se Maria encontrou diante de Deus tanta graça, foi porque o próprio Davi que quis assim.


Não tenhamos medo de receber neste novo ano essa humilde serva do Senhor( Lc 1,18), no qual por amor aguentou ao lado de Cristo todos os seus mistérios terrestres e divinos.

Sejamos cada vez mais gratos ao Pai pela sua misericórdia em nos presentear com a maior de todas as maravilhas que é a Virgem Maria.

 

Colaboração: Mariana Karina Silva Mendes

Fontes: Tratado da Verdadeira Devoção a Santíssima Virgem (Editora Cléofas)

              Site: https://padrepauloricardo.org/  

               Bíblia Sagrada

Publicado em Curiosidades

Imaculada Conceicao 2

Nossa Senhora da Imaculada Conceição


Hoje dia 08 de dezembro estamos solenemente comemorando a Imaculada Conceição de Nossa Senhora, nossa mãe celestial a pura, santa, sem pecado e que nos ama com um amor puro, santo e divino.


Desde o cristianismo primitivo foi sempre muito defendida por diversos Padres da Igreja oriental.

Ao exaltarem a grandeza de Maria, Mãe de Deus, usavam expressões como: cheia de graça, lírio da inocência, mais pura que os anjos.
Mesmo sempre tendo amado muito a Santíssima Virgem, a igreja ocidental tinha uma certa dificuldade para a aceitação do ministério da Imaculada Conceição.
Foi o Papa Sisto IV em 28 de Fevereiro de 1476, que definiu a festa da Imaculada Conceição.
No ano de 1497, na Universidade de Paris, em uma assembleia dos doutores mais eminentes em Teologia, ficou decretado que ninguém poderia ser admitido na instituição se não defendesse a Imaculada Conceição de Maria.
Foi o franciscano Jão Duns Escoto quem solucionou a dificuldade ao mostrar que era sumamente conveniente que Deus preservasse Maria do pecado original, pois a Santíssima Virgem foi destinada a ser mãe do Seu Filho. O Senhor de fato a preservou, antecipando-lhe os frutos da redenção de Cristo.
A doutrina da Imaculada Conceição de Maria foi rapidamente introduzida no calendário romano. Em 1830 a própria Virgem Maria apareceu a Santa Catarina Labouré pedindo que cunhasse uma medalha com a oração: “ó Maria concebida sem pecado, rogai por nós que recorremos a vós”.
Através da bula Ineffabilis Deus do Papa Pio IX, no dia 8 de dezembro foi declarado e reconhecido oficialmente pela Igreja como dogma: “Maria isenta do pecado original”.
Em Lourdes 1858, a própria Virgem Maria, confirmou a definição dogmática e a fé do povo dizendo para Santa Bernadette e para todos nós:”Eu Sou a Imaculada Conceição.

Nossa Senhora da Conceição, rogai por nós!

 

Colaboração: Raquel Inocente

Fontes: 

https://pt.wikipedia.org/wiki/Imaculada_Conceição
http://www.cruzterrasanta.com.br/historia-de-imaculada-conceicao/9/102/
http://catolicos.vialumina.com.br/index.php/historia-de-nossa-senhora-imaculada-da-conceicao/
http://www.imaculada.org/A%20devoção%20a%20Nossa%20Senhora%20da%20Conceição.htm
http://formacao.cancaonova.com/igreja/doutrina/dogma-da-imaculada-conceicao/
http://www.universocatolico.com.br/index.php?/o-dogma-da-imaculada-conceicao.html
http://www.salverainha.com.br/Oficio_de_Nossa_Senhora.html

Publicado em Curiosidades

Por enquanto estaremos trabalhando somente com o ÁUDIO da Homilia.
Aproveitem!!! HOMILIA A PARTIR DE: 2:59

Publicado em Vídeo-homilia

 

 

formacao o que e o advento

 

O Advento é o início do Ano Litúrgico, um tempo de preparação para o Natal de Jesus, e tem como cor litúrgica o roxo. Ele é composto pelas quatros semanas que antecedem o Natal, encerrando-se na tarde do dia 24 de dezembro, e se divide em dois períodos.

 

Primeiro Período:
Do primeiro domingo do Advento até 16 de dezembro, a Igreja nos orienta na esperança da vinda gloriosa de Cristo em todos os seus aspectos: sua vinda há dois mil anos, sua vinda agora, a cada dia, e sua vinda no fim dos tempos.

 

Segundo Período:
Do dia 16 até o dia 24 de dezembro (novena de Natal) somos orientados mais diretamente à preparação para o Natal e convidados a viver com mais alegria, porque já está próximo o cumprimento da promessa salvífica de Deus. Neste período, os Evangelhos nos preparam para o nascimento de Jesus.

Nessas quatro semanas, cada domingo é um novo marco preparatório para o advento de Jesus.


Primeiro Domingo:
• Vigilância na espera do Senhor.
• “Vigiai e estai preparados, porque não sabeis a que hora virá o Filho do homem” (Mt 24, 42–44).
• “Por que dormis? Levantai-vos e orai, para que não entreis em tentação” (Lc 22,46).
• Primeira vela da Coroa do Advento como sinal de vigilância e desejo de conversão.


Segundo Domingo:
• Conversão.
• “Fazei penitência, porque está próximo o reino dos céus. Preparai os caminhos do Senhor, endireitai as suas veredas” (Mt 3, 2-3).
• Reconciliação com Deus
• Segunda vela da Coroa do Advento, como sinal do processo de conversão que estamos vivendo.


Terceiro Domingo:
• O sim de Maria.
• Vínculo providencial com a Festa da Imaculada Conceição: o grande acontecimento da Encarnação do Verbo só se realiza pela disponibilidade da Virgem Maria, cujo sim inaugura a nova humanidade.
• “Faça-se em mim segundo a vossa palavra”: meditação sobre o papel que a Virgem Maria desempenhou e devoção a ela mediante o rosário.
• Terceira vela da Coroa do Advento, como sinal de esperança gozosa.


Quarto Domingo:
• O anúncio do nascimento de Jesus a José e Maria.
• “Eis que um anjo do Senhor lhe apareceu em sonho, dizendo: José, filho de Davi, não temas receber Maria como tua esposa, porque aquele que foi nela concebido é obra do Espírito Santo” (Mt 1,20).
• Espera da grande festa, já tão iminente!
• Quarta vela da Coroa do Advento.

 

Coroa do Advento:
Para nos ajudar nesta preparação usa-se a Coroa do Advento, composta por 4 velas nos seus cantos, nas cores roxa, verde, rosa e branca, presas aos ramos formando um círculo. A cada domingo acende-se uma delas. As velas representam as várias etapas da salvação. Começa-se no 1º Domingo, acendendo apenas uma vela e à medida que vão passando os domingos, vamos acendendo as outras velas, até chegar o 4º Domingo, quando todas devem estar acesas. As velas acesas simbolizam nossa fé, nossa alegria. Elas são acesas em honra do Deus que vem a nós. Deus, a grande Luz, "a Luz que ilumina todo homem que vem a este mundo", está para chegar, então, nós O esperamos com luzes, porque O amamos e também queremos ser, como Ele, Luz.

Fontes: Canção Nova – cancaonova.com.
Aleteia – pt.aleteia.org.

 

Colaboraçao: Kleyber 

Credito da imagem: Cançao Nova 

Publicado em Curiosidades

Sábado, 26 Novembro 2016 16:45

Um Milagre do Imaculado Coração

Por que Jesus chamava Maria de mulher

Um Milagre do Imaculado Coração!!!

Eu e meu esposo Rogério queríamos muito um segundo filho(a), porém após 5 anos do nascimento do primeiro e 13 anos de casados ainda não tínhamos conseguido.

Procuramos ajuda médica e imediatamente fomos encaminhados para fertilização in vitro, sem outras tentativas prévias através de procedimentos mais simples e sem um diagnóstico plenamente estabelecido. A justifica médica era por conta da minha idade (na época 39 anos) e infertilidade secundária. Mas no meu coração e na minha razão de profissional da saúde que somos, isto não nos bastava, para nos submeter a este tratamento tão custoso e não aprovado pelo Catecismo da Igreja Católica.

Assim, o negamos e colocamos nas mãos de Deus, caso fosse Vossa vontade. Foram muitos anos de tentativas e tristezas.


Porém, em 20 de julho de 2014, quando eu sinceramente já estava certa que seria mãe de filho único, fomos a missa dominical e fomos sorteados para levar a Imagem do Imaculado Coração de Maria. Neste momento eu senti que a nossa Mãe nos atenderia. E assim foi. Nossa linda bebê, plenamente saudável nasceu em 25 de março de 2015.


Agradecemos imensamente o amor de Deus para conosco.​

 

Um testemunho de Juliana e Rogério Piccin.

 

Quer dar o seu testemunho também??

Entre em contato com a PASCOM. 

Publicado em A voz da Comunidade

Quarta, 23 Novembro 2016 00:49

O Belo a serviço do Sacro

esu2mf4nxwtd rrqr1ltxeqbllt8nikfipvxey2ml34nslzhc1vplji6d5syuwnzhqgkwcibz8m2vakhz9umqydpifmp

O Belo a serviço do Sacro

 

De acordo com a definição clássica, a arte pode ser agrupada em sete categorias: música, dança, pintura, escultura, literatura, teatro e cinema. Mas, além destas, algumas outras também podem se enquadrar como trabalho artístico. Para citar alguns exemplos, temos: arquitetura, circo, ópera, desenho, gravura, colagem, fotografia, grafite, etc.

 

Se pararmos um pouco para pensar, veremos que em todas estas categorias podemos encontrar artistas que se dedicaram e se dedicam a levar a fé por meio  de seus trabalhos. Falando da arte clássica, podemos citar Redon, Chagal, Millet, Munch, Morelli, Picasso, Rouault, entre tantos outros. Já na atualidade, quando falamos de arte e religião, lembramos logo de músicos, como por exemplo, Padre Zezinho, Padre Zeca, Padre Antônio Maria, Banda Dom, Dunga, Walmir Alencar, Vida Reluz, entre outros. Mas não faltam exemplos de arte religiosa no cinema, na arquitetura, na fotografia e em tantas outras áreas e categorias artísticas. Todos estes artistas doaram e doam - em parte ou completamente - o dom que Deus lhes deu para ajudar a tornar mais belo o mundo, mas também para ensinar o amor de Deus a sua geração e a gerações futuras.

 

São João Paulo II, enquanto Papa, escreveu em sua "Carta aos artistas", de 1999, estas palavras para expressar o tipo de serviço que a arte pode e deve prestar aos irmãos, apresentando-lhes a fé:

"Convido-vos a descobrir a profundeza da dimensão espiritual e religiosa que sempre caracterizou a arte nas suas formas expressivas mais nobres. Nesta perspectiva, faço-vos um apelo a vós, artistas da palavra escrita e oral, do teatro e da música, das artes plásticas e das mais modernas tecnologias de comunicação. Este apelo dirijo-o de modo especial a vós, artistas cristãos: a cada um queria recordar que a aliança que sempre vigorou entre Evangelho e arte, independentemente das exigências funcionais, implica o convite a penetrar, pela intuição criativa, no mistério de Deus encarnado e contemporaneamente no mistério do homem.

Cada ser humano é, de certo modo, um desconhecido para si mesmo. Jesus Cristo não Se limita a manifestar Deus, mas ‘revela o homem a si mesmo’ (Gaudium et spes, 22). Em Cristo, Deus reconciliou consigo o mundo. Todos os crentes são chamados a dar testemunho disto; mas compete a vós, homens e mulheres que dedicastes a vossa vida à arte, afirmar com a riqueza da vossa genialidade que, em Cristo, o mundo está redimido: está redimido o homem, está redimido o corpo humano, está redimida a criação inteira, da qual São Paulo escreveu que ‘aguarda ansiosa a revelação dos filhos de Deus’ (Rm 8,19). Aguarda a revelação dos filhos de Deus, também através da arte e na arte. Esta é a vossa tarefa. Em contato com as obras de arte, a humanidade de todos os tempos — também a de hoje — espera ser iluminada acerca do próprio caminho e destino" (Carta aos artistas, 1999).

 

Neste sentido, vamos de tempos em tempos "apresentar" algumas obras de arte (das mais diversas categorias) que foram feitas com o intuito de evangelizar e que portanto colocam a arte a serviço do sagrado.

 

Curiosidade Rápida sobre o tema:

Arte Sacra e Arte Religiosa não são exatamente a mesma coisa. Enquanto a Arte Sacra está relacionada com o local do culto, a arte religiosa é toda aquela que possui temática religiosa. Sendo assim, pode-se dizer que toda arte sacra é uma arte religiosa, mas nem toda arte religiosa é uma arte sacra.

 

Fonte:

http://www.recantodasletras.com.br/ensaios/1713425

http://pt.aleteia.org/2016/07/01/a-beleza-divina-vista-por-van-gogh-e-chagall/

http://pt.aleteia.org/2014/11/20/arte-caminho-que-conduz-a-deus/

https://www.todamateria.com.br/o-que-e-arte-sacra/

 

Colaboraçao: Clayton

Publicado em Artigos

Domingo, 06 Novembro 2016 17:08

São Padre Pio de Pietrelcina

download

Hoje, dia em que a Igreja celebra "Todos os Santos", gostaria de testemunhar uma experiência de intercessão de um padre, que a Igreja proclamou "Santo", porque lutou durante toda sua vida contra o Mal, a fim de se manter fiel a Deus, São Pio de Pietrelcina...sou Eunice, mãe de Sofia.

No último dia 17/10/16, ao burcar a Sofia na escola, percebi umas manchas nos membros esquerdos e imaginei que poderia ter sido pelo contato dos vários livros que ela e as crianças manuseavam, sentadas no chão. No dia seguinte as manchas continuaram e apresentou febre alta. Já sem querer comer, a levei a emergência e fui orientada só a observá-la e medicar com antitérmico, pois nenhum motivo foi constatado nos exames físicos e laboratoriais.

Dia 20/10, voltei a emergência, pois quase ñ se alimentava, as manchas e a febre alta persistiam e apresentou uma tosse seca esporádica. Foi feito um raio x, exames anteriores renovados e nada constatado.

Dia 22/10, a levei novamente temendo ter evoluído para pneumonia, pois a tosse passou a ser muito produtiva, amanheceu sem poder tossir, debilitada e já havia perdido 2,5kg dos seus 17kg. Desta vez, fui chamada a atenção pela médica do plantão, pelo meu "excesso de cuidado", por estar ali pela terceira vez, sendo que era uma "virose" e as vezes duram até 15 dias para melhorar.

FUI AO MÉDICO DOS MÉDICOS

Domingo 23/10, a deixei em casa, depois de cessar a febre de 38.8g e fui à missa das 19h, no Imaculado Coração de Maria, no Park Way. No término da missa, fui ao Pe Luis, que generosamente abençoa na saída, todos que vão a ele. Pedi oração pela Sofia, depois de falar rapidamente seu estado. Ele pediu-me o nome dela completo para levar ao Santíssimo de sua casa. Orientou-me a pedir a intercessão de Pe Pio e que ao retornar fosse pedindo pelo caminho e desce continuidade na oração. Ao despedir-me, olhou nos meus olhos e disse com fé: "peça a intercessão de Pe Pio, porque ele intercede". Assim o fiz e ao chegar em casa rezei o terço com ela ao meu lado e ao colocá-la para dormir rezei: 

Pe Pio, não tenho sua fé, mas a sua é grande e pode pedir por ela...e a febre temida da madrugada não veio e aquela da tarde anterior foi a última, para hora e glória do Senhor...São Pio de Pietrelcina, rogai por nós!

?Obrigada Senhor, por ouvir a intercessão de Pe Pio, bem como de todos nós q a amamos e intercedemos por ela, que somos pecadores nesta terra, que lutamos diariamente contra o Mal e que queremos ser fiéis a Ti. Dá-nos Senhor, a força que deste a Pe Pio e a todos os Santos, para que alcansemos a santidade, a fim de termos comunhão com eles, Os Santos, nesta terra e na Glória, Contigo! Amém!

Publicado em A voz da Comunidade

Página 3 de 3